"E que a minha loucura seja perdoada, por que metade me mim é amor e a outra também."

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Amor maior

Pra você guardei o amor que sempre quis mostrar [...] Quem acolher o que ele tem e traz, quem entender o que ele diz no giz do gesto, o jeito pronto do piscar dos cílios que o convite do silêncio exibe em cada olhar.  Guardei sem ter porquê, nem por razão ou coisa outra qualquer. Além de não saber como fazer pra ter um jeito meu de me mostrar. Achei vendo em você, e explicação nenhuma isso requer... (8)

É revigorante saber que podemos passar horas juntos, conversando e trocando confidências. É amável saber que brigar não é a única coisa que fazemos, ainda que os beijos depois da briga sejam os melhores. Ainda que hajam desencontros nas opiniões sei que concordamos nas coisas mais importantes, como por exemplo no quanto é bom e aceitável a ideia de ficar até meio dia na cama em plena segunda feira, ainda que as responsabilidades estejam gritando lá fora, junto com as buzinas do transito infernal. Eu posso até trocar o seu Rap por alguma melodia enjoada minha, como diria você, mas sempre que escutar algum som estridente com alguém cantando tão rápido a ponto da minha massa cinzenta não acompanhar eu vou lembrar de você e desejar você ao meu lado, com ou sem música, contando que eu possa te tocar sempre que eu quiser. Porque com você as coisas parecem simples, eu consigo acreditar que o meu problema não é o fim do mundo e que sim, o sol vai voltar amanhã. Eu amo essa influência sua e  amo o efeito que as suas palavras doces tem em mim, e como elas me fazem dormir bem, dormir sorrindo.
Tem sido raro ficar bem, mas eu já não sei o motivo. Acho que te jogar contra a parede e apontar todos os seus erros era uma maneira de dizer a mim mesma que o meu mau humor não era a toa,  ainda que fosse, e você sabia disso, só evitava me dizer. Não vou excluir a possibilidade de você me irritar, porquê é isso que você faz. Mas faz muito mais. A parte ruim vira detalhe perto de quando eu desligo o telefone e desejo continuar ouvindo a sua voz mesmo que seja pra falar de nada, ou do quanto eu desejo não precisar acordar em camas separadas todos os dias. Acho que seria gratificante poder cozinhar pra você, e saber que depois do jantar não vou precisar te levar até o portão. Quando olho pra isso todo o resto desaparece me fazendo perceber que você já faz parte de mim e que eu não escolheria nenhuma outra pessoa pra passar o resto dos meus dias. Me imaginar em uma cadeira de balanço contando nossas loucuras aos nossos netos junto de você me parece um ótimo plano de vida, se é que temos um plano, já que o nosso desejo de estar simplesmente junto derruba todas as outras possibilidades. 

Dedicado ao homem da minha vida.

0 comentários:

Postar um comentário

Retribuição

É muito importante ter você aqui. Escrever e Ler são duas coisas que vivem juntas, portanto agradeço a sua leitura no que eu escrevi. Desejo que você leia cada vez mais e goste cada vez mais. Volte sempre (:

Meus Amores e Minhas Amoras

Uma concepção minha

Minha foto
"Abraço minhas vontades, mesmo que a minha cara fique roxa de tanto apanhar. Cumpro minhas promessas, mesmo que me doa. Não brinco com os outros para me distrair, tampouco dou uma de boa samaritana para depois me esconder atrás da moita. Isso não. Por isso, digo e repito: gosto de gente de verdade."
Tecnologia do Blogger.

© Metade amor & Metade loucura, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena