"E que a minha loucura seja perdoada, por que metade me mim é amor e a outra também."

quinta-feira, 24 de março de 2011

O amor Verdadeiro ...





É tão esperado quanto um final de um filme. 
Da tanto suspense quanto um relacionamento mal resolvido. 
Dói tanto que não tem comparação, não há descrição. 
Porque será que não possuimos a capacidade de ficarmos sozinhos? Porque será que "é impossivel ser feliz sozinho ♪ " ?
Eu queria tanto descobrir, queria tanto entender e aceitar a vida como ela é. 
Pena que não é assim, pena que não acontece assim, pena que nada é tão simples como de vontade própria. 
Paro pra penar, nas poucas vezes que isso acontece, que se a situação fosse invertida nós provavelmente iríamos querer um pouco de complicação. 
Afinal de contas, se pudéssemos dirigir sobre o modo como que as coisas acontecem na nossa vida, será que nós conseguiríamos nos adaptar e dar conta de fazer a vida ter aquele gostinho especial e apimentado, mesmo em tantas brigas e discussões? 
Eu sinceramente não sei e nem gostaria de tentar. 
Tento me adaptar a tudo isso fazendo o meu melhor, essa cortina só se abre uma vez! 
Não posso esperar aplausos e reconhecimentos de pessoas alheias, apenas de mim mesma e que isso me seja o bastante.


Dedicado a Bruna Câmara da Silva, minha filhota ♥

0 comentários:

Postar um comentário

Retribuição

É muito importante ter você aqui. Escrever e Ler são duas coisas que vivem juntas, portanto agradeço a sua leitura no que eu escrevi. Desejo que você leia cada vez mais e goste cada vez mais. Volte sempre (:

Meus Amores e Minhas Amoras

Uma concepção minha

Minha foto
"Abraço minhas vontades, mesmo que a minha cara fique roxa de tanto apanhar. Cumpro minhas promessas, mesmo que me doa. Não brinco com os outros para me distrair, tampouco dou uma de boa samaritana para depois me esconder atrás da moita. Isso não. Por isso, digo e repito: gosto de gente de verdade."
Tecnologia do Blogger.

© Metade amor & Metade loucura, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena