"E que a minha loucura seja perdoada, por que metade me mim é amor e a outra também."

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Auto-Definição



Como devemos nos definir? Algumas pessoas acham que se definir é apenas citar deus defeitos e qualidades, mas pra mim, se definir vai muito, além disso, se definir esta na essência de saber explicar e expor as ideias e os princípios que constroem e dão base a cada indivíduo. Nem sempre nos mostramos como realmente somos, nem sempre temos o domínio de expor aquilo que realmente nos constitui. As ideias nem sempre são passadas corretamente e nem tudo é entendido como deve ser. Se, se explicar fosse uma tarefa fácil, ninguém teria duvidas sobre qual profissão seguir, ou sobre qual rumo dar a inúmeras áreas em nossa vida.
Nos últimos meses posso dizer que as minhas ideias, os meus valores e os meus conceitos se encontram embaralhados, confusos; não consigo mais ter a certeza e nem o domínio sobre qual imagem as pessoas estão tendo de mim. Mas como passar uma imagem concreta e com exatidão à terceiros se nem a mim mesmo eu consigo me explicar, se nem a mim mesmo eu consigo me portar, me concretizar. Concretizar uma ideia é algo que não acontece há muito tempo dentro de mim. Procurei rever valores, procurei rever amigos, metas, sonhos e objetivos, mas nada disso pode me trazer a certeza de quem realmente sou, ou de quem eu realmente preciso ser.
O que vou dizer pode parecer egocêntrico ou até mesmo egoísta, mas pelo contrário, a ideia a ser passada não é essa, é exatamente ao contrário. Algumas vezes eu gostaria de viver em um lugar onde ninguém dependesse das minhas atitudes ou as tivesse como um referencial, não queria que as minhas ações ou pensamentos fossem convertidos a palavras errados ou a nenhum tipo de tendência, eu gostaria de ser somente eu, de ser somente alguém que se preocupa em demonstrar aquilo que realmente é. Mesmo com confusões e incertezas, com medos e anseios, eu deveria e gostaria de não precisar levar ao mundo uma imagem de mim. Eu, pela primeira vez na vida, Gostaria de ser Invisível.
Eu já passei da fase de pequenas influências ou de pequenas atitudes que definem o que eu devo ser. Mas quem imaginaria que pensar sem nenhum tipo de influência, implicaria em tanto esforço e em tanta dedicação. Quem iria supor que iria ser tão complicado se auto-definir e criar seus próprios conceitos. E isso é o que me dá tanto orgulho de ser quem sou mesmo com todas as imperfeições e coisas a fazer para me definir. Admitir ter um trabalho árduo a fazer e bancar faze-lô não é uma atitude comum e muito menos uma escolha conveniente, é um trabalho dedicado a poucos.
Eu creio que nos escondemos através de medos e inseguranças e sei que dentro de cada um de nós existe a força necessária para vence-lôs, buscar essa força e desenterrar essa força esta nas mãos de cada um, individualmente. E como citado anteriormente, como devemos nos definir? Cada um esta apto a fazer a sua própria definição, o que vai diferenciar cada um é a sua própria maneira de existir, de se compreender, de fazer as coisas do seu modo e bancar suas escolhas, pois como dizia um velho amigo, "heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências. então seja o herói da sua vida.  Enfim, o que vai te definir é como você vai escolher se expor.

1 comentários:

  1. Estou seguindo! Amei o seu Blog, muito lindo *-*
    Qualquer coisa, passa lá! http://pequenodiario1.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Retribuição

É muito importante ter você aqui. Escrever e Ler são duas coisas que vivem juntas, portanto agradeço a sua leitura no que eu escrevi. Desejo que você leia cada vez mais e goste cada vez mais. Volte sempre (:

Meus Amores e Minhas Amoras

Uma concepção minha

Minha foto
"Abraço minhas vontades, mesmo que a minha cara fique roxa de tanto apanhar. Cumpro minhas promessas, mesmo que me doa. Não brinco com os outros para me distrair, tampouco dou uma de boa samaritana para depois me esconder atrás da moita. Isso não. Por isso, digo e repito: gosto de gente de verdade."
Tecnologia do Blogger.

© Metade amor & Metade loucura, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena